terça-feira, 28 de junho de 2011

Loucura necessária

Luas inabitadas
ventos cálidos
vozes mudas
desertos úmidos
chuvas ácidas
um som de lata
um uivo de cachorro velho
um livro comido pela traça
um abraço abandonado
uma taça pelo meio
de um vinho amargo
seu beijo que nao veio
meu coraçao descompassado
imagens fragmentadas
de um eu sem eu sem nada

Um comentário:

⊰⊹✿Eliane disse...

Belas palavras Juliana e de muito sentimento!